Conteúdo

5 Principais pilares para gestão de e-commercers

As vendas online subiram de 4,2% em 2010 para 15,7% em 2020 e vem aumentando consecutivamente. E a gestão de e-commerce está se tornando essencial.

 

Eventos recentes, como a pandemia, tiveram impacto nesses números e  forçaram os varejistas a criarem maneiras eficazes de comercializar produtos sem contato físico com o cliente. Isso vale para setores tão distintos quanto os de cabos elétricos ou moda.

 

Como o principal problema é a falta de personalização do cliente, deve-se verificar inúmeras soluções integradas de marketing para aproveitar ao máximo sua conversão de e-commerce.

 

Pois isso gerará experiências orientadas por dados, o que melhorará seu relacionamento com seus clientes. Confira logo abaixo os principais pilares para esta gestão.

 

Utilize estratégias de marketing omnichannel

O marketing omnichannel é um dos pilares mais importantes para estes casos. Embora essa estratégia de negócios funcione de maneira semelhante ao marketing multichannel, ela tem um foco muito diferente, ou seja, se esforça para replicar sua marca em uma variedade de canais. 

 

Ele tenta alcançar seus clientes por mídia social, e-mail, celular ou contato físico, usando uma mensagem unificada. O marketing multichannel não consegue entregar uma mensagem personalizada aos seus clientes. 

 

Portanto, vale inserir uma espécie de etiqueta personalizada neste item da lista para não deixar ‘passar despercebido’.

 

Desta forma, o omnichannel corrige essas deficiências, fornecendo uma forma única de sua marca para cada plataforma. Ele avança com base em como eles usam cada plataforma para dar a mensagem mais relevante.

 

Ferramentas de automação

As ferramentas de automação de marketing podem ajudá-lo a vender de forma mais inteligente. Tudo porque há segmentação dinâmica de clientes e isso desenvolve a fidelidade sem suporte técnico, ou seja, é tão multifuncional quanto um pallet de madeira, por exemplo. 

 

Ao adicionar essas ferramentas à sua pilha, sua organização lançará campanhas de forma rápida e eficiente por meio de promoções personalizadas e orientadas por dados e segmentação de clientes.

 

Por meio dele, todas as suas estratégias de vendas e marketing terão personificação de nível empresarial sem custos.

 

Use a plataforma certa de atendimento ao cliente

Tudo isso não significa nada sem a plataforma certa de atendimento ao cliente. Sua estratégia de e-commerce deve lidar com multidões ao mesmo tempo, e essas pessoas podem vir de qualquer plataforma, mercado, idioma e tudo mais. 

 

Portanto, invista em algo que possa lidar e monitorar grandes volumes de solicitações de serviço, como se fosse um impermeabilizante para laje, que engloba diversos materiais e cria algo importante para as obras.

 

Como o atendimento ao cliente é a voz da sua marca, você quer que seja o mais simples e pessoal possível. Isso exige que eles tenham acesso fácil a perguntas sobre seus produtos, atendimento e políticas de devolução. 

 

Isso também significa que seus colaboradores devem se atualizar rapidamente para gerir essas questões.

 

Garanta a escalabilidade

Nenhum armazém lida com maior imprevisibilidade do que um e-commerce. Ou seja, o comportamento e as demandas do cliente online podem mudar constantemente. Seja sazonalmente ou em resposta a eventos externos como instabilidade econômica e etc. Essas mudanças criam um nível de volatilidade que torna a automação tradicional difícil de instalar, manter ou dimensionar.

 

Para sobreviver, você deve planejar com antecedência as tecnologias, as cadeias de suprimentos e os parceiros técnicos apropriados.

 

Em outras palavras, use uma plataforma de comércio eletrônico dinâmica e flexível que possa dialoga’ com o público a qualquer momento e atender a novas demandas, entrar em novos mercados e ter ambições de crescimento agressivas.

 

Isso é um item que certamente já está sendo feito por seus concorrentes. Adicione essa lista à sua estratégia quanto antes:

 

  • Minimização de seus riscos, custos e complexidade técnica ao entrar em novos mercados internacionais:
  • Permissão para personalizar rapidamente suas estratégias de serviço, vendas e marketing para diferentes culturas, costumes, idiomas e moedas;
  • Fornecimento de arquiteturas de referência regionais;
  • Geração de ótimas experiências digitais para o cliente com conteúdo direcionado, ofertas e produtos relevantes.

 

Reuniões constantes com seus colaboradores, bem como com seus fornecedores é fundamental a curto e médio prazo, pois isso trará diversas possibilidades para expansão de lucros.

 

Gostou do conteúdo? Então, não deixe de acompanhar as novidades no blog e compartilhar nas redes sociais.

 

Este conteúdo foi produzido pela equipe do Soluções Industriais

Precisa de um site para alavancar o seu negócio?

Obrigado por assinar nosso informativo

Seu site está perdendo clientes?

Receba dicas e artigos para melhorar o desempenho do seu site.

Seu site está perdendo clientes?

Receba dicas e artigos para melhorar o desempenho do seu site.